Sete missões prorrogadas

Onde acontecem as missões dos soldados alemães no mundo todo? Quais são suas tarefas? Um resumo.

Tornado das Forças Armadas Alemãs em operação na missão Counter Daesh
Tornado das Forças Armadas Alemãs em operação na missão Counter Daesh dpa

Alemanha. As Forças Armadas Alemãs são um exército parlamentar. Isto significa que toda missão armada no estrangeiro está submetida à aprovação do Parlamento Alemão. Atualmente há mandatos parlamentares para 13 missões no mundo todo. Sete delas foram prorrogadas pelo Parlamento Alemão em dezembro, mas, primeiramente, apenas por três meses. É uma solução provisória, dado que, desde as eleições parlamentares de setembro de 2017, ainda não se pôde formar uma coalizão governamental. Todavia, os parceiros, como a OTAN, a ONU e a UE, contam com o apoio da Alemanha em missões conjuntas. “A Alemanha é confiável”, acentuou a ministra federal da Defesa, Ursula von der Leyen, quando se pronunciou a favor da prorrogação das missões na assembleia do Parlamento Alemão.

Estes são os objetivos dessas sete missões e as tarefas assumidas pelas forças Armadas Alemãs:

Afeganistão: missão Resolute Support, da OTAN 
 

  • Objetivo: reconstrução, estabilização e manutenção da paz no Afeganistão. Ajudar a construção das estruturas nacionais de segurança.
  • Tarefas das Forças Armadas: orientar e formar o pessoal de segurança afegão com enfoque em Cabul, assegurar o movimento aéreo militar em Masar-e Sharif, executar medidas de reconhecimento e avaliar fotos aéreas, dar apoio à ajuda humanitária e proteger o pessoal civil em missão.
  • Número de soldados alemães: o limite máximo do mandato é de 980 soldados. Atualmente, 885 soldados e 85 soldadas estão em missão.

Mar Mediterrâneo: missão Sea Guardian, da OTAN
 

  • Objetivo: assegurar a estabilidade do flanco sul da OTAN através do monitoramento da região mediterrânea com aviões e navios. Reconhecer conflitos e atividades terroristas para os combater, interromper o contrabando de armas. Se necessário, Sea Guardian apoia outras missões no Mar Mediterrâneo, como a operação “Sophia” de EUNAVFOR MED, dirigida pela UE contra redes clandestinas.
  • Tarefas das Forças Armadas: avaliar a situação através de patrulhas no mar e de voos de reconhecimento feitos pelos aviões AWACS, controlar os navios suspeitos, executar salvamento no mar, dirigir e dar formação.
  • Número de soldados alemães: no máximo 650. Atualmente, 153 soldados e 16 soldadas.
     

Síria e Iraque: missão Counter Daesh
 

  • Objetivo: uma coalizão internacional de 60 nações combate a organização terrorista EI (árabe Daesh).
  • Tarefas das Forças Armadas: controle marítimo e aéreo com Tornados, avaliar fotos de reconhecimento, reabastecer aviões em voo, escoltar a esquadra marinha multinacional no Mar Mediterrâneo.
  • Número de soldados alemães: no máximo 1 200. Atualmente, 179 soldados e 20 soldadas em missão.

Missão Counter Daesh: base alemã na Jordânia

Iraque: missão de formação
 

  • Objetivo: prestar apoio ao exército iraquiano e aos peshmerga curdos na luta contra as milícias terroristas do EI, que tiveram de recuar no Iraque e na Síria, mas que ainda são uma ameaça.
  • Tarefas das Forças Armadas: formar e assessorar o pessoal de segurança iraquiano na região de Erbil, fornecer armas e equipamentos militares.
  • Número de soldados alemães: no máximo 150. Atualmente, 132 soldados e 12 soldadas.
     

Mali: missão Minsuma, da ONU
 

  • Objetivo: promover a estabilização deste país depois da guerra civil, que eclodiu após o golpe de 2012. Cerca de 13 mil capacetes azuis da ONU estão em missão de manutenção da paz, de defesa dos direitos humanos, de mediação entre os partidos em conflito e de monitoramento do cessar-fogo. 
  • Tarefas das Forças Armadas: assessorar, formar e dirigir, fazer reconhecimentos, transportes aéreos, reabastecimentos em voo, executar missões médicas, proteger os bens culturais e apoiar as missões da UE no Mali.
  • Número de soldados alemães: no máximo 1 000. Atualmente, 923 soldados e 43 soldadas.

Forças Armadas Alemãs no Mali: “É grande a aprovação da população”

Sudão: missão UNAMID, da ONU
 

  • Objetivo: proteger a população civil e assegurar o acordo de paz de 2006 no conflito entre o governo do Sudão e diferentes grupos étnicos da região de Darfur, no oeste deste país.
  • Tarefa das Forças Armadas: disponibilizar peritos de logística de sistemas de TI e equipamentos tecnológicos, executar transportes e serviços médicos.
  • Número de soldados alemães: no máximo 50. Atualmente, cinco soldados e duas soldadas.

Entrevista: uma soldada alemã em Darfur

Sudão do Sul: Missão UNMIS, da ONU
 

  • Objetivo: assegurar uma coexistência pacífica entre os Estados do Sudão e do Sudão do Sul, proteger a população civil, assegurar o acesso à ajuda humanitária, monitorar o cessar-fogo.
  • Tarefas das Forças Armadas: assessorar e ajudar a formação de pessoal das nações que disponibilizam tropas, prestar apoio à ONU e monitorar a situação.
  • Número de soldados alemães: no máximo 50. Atualmente, 14.

© www.deutschland.de