Um passo estilístico adiante

Joias de couro de peixe e bolsas de resíduos. Os consumidores querem mais sustentabilidade na moda. E esse ramo reage com soluções criativas. 

A moda sustentável pode ser bem legal.
A moda sustentável pode ser bem legal. dpa

As tendências da moda duram pouco e mudam frequentemente mais rápido do que o tempo. Todo alemão compra em média 12 quilos de roupa por ano, dos quais 90 por cento vêm de fora da Europa. A indústria têxtil é um dos mais importantes ramos do consumo de mercadorias. Por outro lado, a fabricação de artigos têxteis causa danos ecológicos, como águas venenosas, micro plásticos nos mares e um alto consumo de energia e água.

Modelos sustentáveis em vez de modelos temporários baratos

Muitos consumidores estão passando por um processo de mudança de consciência. “Slow Fashion” é o novo lema que significa sustentabilidade em vez de produtos de jogar fora. Esta tendência, praticada há algum tempo em metrópoles da moda, como Berlim, está se espalhando positivamente por toda a Alemanha. Segundo uma pesquisa de TransFair, os alemães gastaram em 2017 quase 129 milhões de euros na compra de têxteis do mercado justo. Foi um aumento de 66 por cento frente a 2016.

Nova consciência no ramo da moda

As grandes marcas internacionais também estão agindo da mesma maneira. Cada vez mais gigantes da indústria têxtil estão promovendo a moda produzida sustentavelmente, mostrando-se mais transparentes. Aderindo à Campanha Detox, de Greenpeace, 79 empresas têxteis globais se comprometeram a substituir as matérias perigosas por substâncias não nocivas até 2020. Empresas alemães, como  Adidas, Aldi e Tchibo, também compartilham esse compromisso. 

Isso é moda ou pode ser jogado fora?

O número de marcas alemãs de moda justa está crescendo. Já são 332 marcas alemãs que foram certificadas com o selo “Global Organic Textil Standard” (GOTS), que comprova um processo de produção sustentável. Os estilistas e designers da moda não só usam materiais comuns, como algodão ou linho, mas produzem joias de couro de peixe, roupas de fibras de leite e bolsas de resíduos plásticos, conquistando assim o mercado. Esses produtos comprovam que a criatividade na produção têxtil sustentável não tem limites.

Mode aus Fischhaut
dpa

Newsletter #UpdateGermany: You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here to: