“Entdecke.DE”: estilo de vida no Kaiserstuhl

Com a série “Entdecke.DE”, fazemos uma viagem através de toda a Alemanha. No verão, visitamos a região europeia do Kaiserstuhl, no sudoeste.

picture-alliance/dpa - Ihringen am Kaiserstuhl

“Quel beau jardin – que belo jardim”, teria exclamado o Rei-Sol francês Luís XIV em 1681, quando avistou o Kaiserstuhl a partir da planície renana. Extraordinária é não apenas a paisagem no pitoresco maciço médio do extremo sudoeste da Alemanha. Aqui, onde se pode sentir o aroma da “cuisine” francesa, está uma das regiões culinárias privilegiadas da Alemanha.

Que as pessoas aqui entendam o que é um bom modo de viver, isto está relacionado também com o vinho, que desde o ano de 670 é cultivado em solo vulcânico, sob condições ideais. No Kaiserstuhl, a providência divina protege as uvas de maneira especial. E a pergunta, quão especial é tal proteção já rendeu até mesmo uma competição entre o município de Ihrigen e outros lugares do país, para saber qual é exatamente “o lugar mais quente da Alemanha”. É incontestável que o sol brilha no Kaiserstuhl com muito mais frequência que em muitas outras regiões. Por isto, a região localizada no Estado de Baden-Württemberg recebe muitas vezes o atributo de “mediterrânea”. Favorecidos pelo sol, surgem aqui alguns dos melhores vinhos da Alemanha. Esta fama viaja com etiqueta em milhares de garrafas pelo mundo, onde os “sommeliers” de Londres até Tóquio esforçam-se para pronunciar nomes como “Grauburgunder vom Ihringer Winklerberg”.

Mas não são apenas as uvas que marcam a região. Ainda antes das festas do vinho no outono, os povoados comemoram no verão as frutas maduras dos pomares: as rotundas cerejas vermelhas, ameixas suculentas, maçãs firmes, peras aromáticas, amoras e nozes. Muitas vão direto para os pratos servidos pelos cozinheiros premiados, como no restaurante “Adlerwirtschaft” de Franz Keller, o legendário gastrônomo que, no povoado de Oberbergen, conquistou uma das primeiras estrelas concedidas à Alemanha pelo Guia Michelin. Mais simples é o ambiente nas chamadas “Straussenwirtschaften”, improvisadas cantinas ao ar livre, que atraem seus clientes do verão até à época da colheita da uva. Aqui, nos vinhedos, pode-se apreciar um panorama extraordinário nos dias claros: ao longe, as colinas dos Vosges na Alsácia, o verde Vale do Reno e atrás, Freiburg com as montanhas da Floresta Negra. O Kaiserstuhl – um belo jardim com panorama.

http://kaiserstuhl.fit-tourist.de/?gclid=CI6Mkf7tq7cCFWfItAod1nYArg

© www.deutschland.de