Entdecke DE: O Lago de Constança

Com a série “Entdecke.DE”, fazemos uma viagem através de toda a Alemanha: desta vez, visitamos o Lago de Constança.

GinaKoch/Fotolia - Blick auf den Leuchtturm auf der Insel von Lindau am Bodensee

Martin Walser é um dos mais famosos representantes da literatura alemã do pós-guerra. De sua autoria são romances muito conhecidos como “Ein fliehendes Pferd”, “Tod eines Kritikers” e “Ein springender Brunnen”. Nos seus livros, o Lago de Constança desempenha frequentemente um papel – uma vez ele se dedicou inteiramente a ele. Em 1998 foi publicado “Heimatlob – Ein Bodensee-Buch” (com o pintor André Ficus), no qual ele se dedica com grande paixão à sua terra natal. Isto tem um bom motivo: o Lago de Constança, o terceiro maior lago da Europa com 536 quilômetros quadrados de área, está entre as regiões mais bonitas e os destinos prediletos de férias na Alemanha.

O Lago de Constança a partir de uma outra perspectiva

Seja para famílias, amigos da natureza, adeptos do esporte ou entusiastas da cultura – a região do Lago de Constança oferece algo para cada um. Excursões urbanas por Constança, Meersburg ou Überlingen sempre valem a pena, da mesma forma como uma visita à igreja de peregrinação de Birnau ou ao castelo Salem. Dos pontos altos culturais em torno do Lago de Constança faz parte o Festival de Bregenz, que é realizado todos os anos, no verão. Ao lado das Cataratas do Reno em Schaffhausen e das palafitas pré-históricas em Unteruhldingen, as dez maiores ilhas do Lago de Constança são outros atraentes destinos de excursões, principalmente a ilha das flores Mainau, bem como a maior ilha, Reichenau, com o mosteiro homônimo, que faz parte da lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO. Quem quiser mais tranquilidade pode ir nadar, fazer caminhada ou andar de bicicleta nas ciclovias do Lago de Constança – ou reserva um voo num zepelim. Os balões dirigíveis são fabricados ainda hoje em Friedrichshafen, no Lago de Constança.

www.bodensee.de

© www.deutschland.de