Pessoas por trás da IA

A Inteligência Artificial é feita por pessoas para pessoas. Vocês devem conhecer essas pessoas inteligentes e seus projetos.

Kristian Kersting
Kristian Kersting Jonas Ratermann

Muitos cientistas líderes e peritos econômicos se ocupam na Alemanha com a investigação e o desenvolvimento de inteligência artificial. Apresentamos aqui alguns dos mais importantes:

Kristian Kersting – ensinar moral às máquinas

Os sistemas de IA podem agir moralmente? Se sim, como se pode pôr isso em prática? Kristian Kersting (48) se ocupa com essas questões. Ele é professor titular de Aprendizagem Automática no Departamento de Informática da Technische Universität de Darmstadt. Kersting afirma que a IA não se deveria orientar muito nas pessoas, pois não se trata de representar a inteligência humana, mas o comportamento inteligente. 

Tina Klüwer – promover as startups de KI

Tina Klüwer
Tina Klüwer Ines Grabener

Sendo pesquisadora no Centro Alemão de Pesquisa de Inteligência Artificial (DFKI) da Universität Bonn e da FU de Berlim, Klüwer (40), perita em Linguística Computacional, vem se ocupando já há muitos anos com os temas sobre chatbots, sistemas de diálogo e análise de textos. Fundadora de empresa e empresária, ela vem se dedicando já há muitos anos à promoção de IA e de startups de IA. Atualmente, ela é membro da diretoria da Federação Alemã de IA do Conselho Administrativo “Junge Digitale Wirtschaft”.

Bernhard Schölkopf – unir a pesquisa com a indústria  

Schölkopf (53), perito em informática, promove e administra, já há muitos anos, a pesquisa de ponta prática no setor de IA. Em 2011, ele fundou o Instituto Max Planck de Sistemas Inteligentes (MPI-IS) em Tübingen e é um dos fundadores do grupo empresarial de IA Cyber Valley. Graças também a Schölkopf, Cyber Valley se tornou um sistema ecológico muito apreciado internacionalmente, que atrai pessoas talentosas e investidores de todo o mundo.

Katharina Zweig – evitar a discriminação

Katharina Zweig
Katharina Zweig Felix Schmitt

Katharina Zweig (45) estudou Bioquímica e Bioinformática e é, desde 2012, professora titular na TU de Kaiserslautern, onde introduziu o curso de “Socioinformática”. Seu enfoque está na interação entre os sistemas digitais, os indivíduos, as instituições e a sociedade. Se os sistemas de IA tomarem decisões, diz a pesquisadora, os processamentos básicos terão que ser transparentes para evitar preconceitos e discriminações.

Verena Hafner – comunicar-se melhor com os robôs

Verena Hafner
Verena Hafner Grazyna Stepniak

Verena Hafner (45) é professora titular de Adaptive Systems na Humboldt-Universität de Berlim. Ela é uma pesquisadora prestigiada no campo da robótica. A ocupação de Hafner é transmitir o comportamento comunicativo humano aos robôs. Para as pessoas, é normal que a fala seja acompanhada por outras informações, como os gestos das mãos, a mímica, o olhar e o tocar. Futuramente, os robôs também deverão fazer isso tudo.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: