Estudando apesar da perseguição

O Programa Hilde Domin ajuda as pessoas ameaçadas a continuar seu caminho acadêmico na Alemanha: os fatos mais importantes.  

Cerca de 160 bolsas de estudo já foram concedidas.
Cerca de 160 bolsas de estudo já foram concedidas. StefanZeitz

O que faz o Programa Hilde Domin?
“Queremos ajudar as pessoas que não podem continuar seu caminho acadêmico devido a medidas repressivas em seu país de origem”, diz Philipp Effertz, chefe do Departamento do Oriente Médio no Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD) e responsável pelo Programa Hilde Domin. Os bolsistas recebem aluguel e custo de vida, para que possam continuar seus estudos na Alemanha. O DAAD concede 50 bolsas de estudo por ano através do Programa Hilde Domin, que é financiado pelo Ministério das Relações Externas (AA). Bolsas de estudo adicionais para iranianos são possíveis com fundos especiais do AA. 

Quem pode se candidatar?
Estudantes de todas as formas e disciplinas que tenham sido indicados por sua universidade ou uma organização da sociedade civil podem se candidatar a bolsas de estudo do programa. Os candidatos também precisam provar o seu engajamento social. Muitos bolsistas estão comprometidos em ajudar os estudantes em seus países de origem, diz Effertz. “Independentemente de acabarem retornando ou não, os bolsistas serão um enriquecimento para a respectiva sociedade”. 

O risco pessoal tem um papel importante?
Sim. Durante o processo de seleção, o DAAD presta atenção especial à vulnerabilidade individual:    “Todos têm que explicar por escrito qual é a sua vulnerabilidade”, diz Effertz. “Além disso, há candidatos que apresentam outros documentos, como certificados de exmatriculação. Mas isso é apenas opcional”. Nas entrevistas, diz ele, a comissão se concentra nos aspectos acadêmicos. “Perguntas sobre segurança seriam muito arriscadas”.  

Philipp Effertz coordena o Programa Hilde Domin.
Philipp Effertz coordena o Programa Hilde Domin. Philipp Effertz/DAAD

Há algum outro conteúdo ensinado além do programa de graduação?
Os estudantes fomentados de mestrado e doutorado participam de um programa de apoio interdisciplinar. Com isso, eles se tornam mais familiarizados com o sistema educacional e social alemão. Além disso, eles adquirem qualificações para o mercado de trabalho alemão e internacional e podem participar, por exemplo, de treinamentos para candidatura a empregos: “Eles devem ter uma perspectiva, seja na Alemanha ou em seus países de origem”. 

Qual é o nível de popularidade do programa?
Muito popular: Cerca de 5.000 inscrições são recebidas para as 50 vagas por ano. E as experiências daqueles que já passaram pelo programa também são positivas. Philipp Effertz: “Nós vemos pelo feedback: sem o programa, não teria sido possível para os bolsistas continuarem sua formação profissional do jeito que estão fazendo agora”.  

© www.deutschland.de 

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: