Viajar pela história

Lugares históricos fazem você vivenciar intensamente a história. Vale a pena visitar estes lugares, também virtualmente.

A Catedral de Aachen, onde Carlos Magno está sepultado
A Catedral de Aachen, onde Carlos Magno está sepultado picture alliance/Zoonar

Carlos Magno e a catedral de Aachen

Carlos Magno (Charlemagne, em francês) foi alemão, francês e europeu, para usar uma expressão bem atual, pois ele viveu (nascido em 2 de abril de 747 ou 748, falecido em 28 de janeiro em Aachen) em um tempo, onde as pessoas não tinham ideia nenhuma de França, de Europa e menos ainda de Alemanha. Depois de sua coroação, em 25 de dezembro de 800 em Roma, Aachen se tornou um dos centros de seu reino. Uma capital do reino nunca existiu, pois ela era sempre lá onde Carlos Magno se encontrava. Ele foi sepultado na espetacular Catedral de Aachen, por ele construída. Aqui, você pode fazer um giro virtual por lá.

A Catedral de Aachen simboliza o ponto de contato entre o céu e a terra.
A Catedral de Aachen simboliza o ponto de contato entre o céu e a terra.
RWTH Aachen University

Castelo de Hambacher, o berço da democracia alemã  

Em 1832, vieram 30 000 pessoas para a “Festa de Hambach”, no castelo, exigindo a participação política e o direito de reunião, de imprensa e de liberdade de expressão. Na torre do Castelo de Hambach, em Neustadt, na Rota do Vinho, elas alçaram a bandeira preto-amarelo-dourada. Essa bandeira, hoje a bandeira nacional alemã, era naquela época um símbolo de democracia, de liberdade e de paz entre os povos e de unidade nacional. Uma exposição relembra o “berço da democracia alemã”.

 

Castelo Cecilienhof e o fim da II Guerra Mundial  

Neste castelo, em Potsdam, reuniram-se no verão europeu de 1945, depois do fim da II Guerra Mundial, o presidente dos EUA, Harry S. Truman, o primeiro-ministro britânico Winston Churchill (junto com o seu sucessor Clement Atlee) e o chefe de Estado soviético Joseph Stalin, para comemorar a vitória sobre a Alemanha nazista. Essa Conferência de Potsdam instituiu a nova ordem da Europa e do mundo dos próximos 44 anos.

 

Tipografia do terror e do nazismo

Um dos mais visitados lugares de Berlim é, ao mesmo tempo, museu e monumento. Estando nas proximidades da praça Potsdamer Platz, ele recorda o terror do domínio nazista. Neste lugar residiram entre 1933 e 1945 as mais importantes organizações terroristas da Alemanha nazista: a polícia nacional secreta Gestapo, o quartel-general da força SS, o Departamento Central de Segurança do Reich da SS e o Serviço de Segurança SD da SS.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: