“Entdecke.DE”: A orgulhosa Braunschweig

Com a série “Entdecke.DE”, fazemos uma viagem através de toda a Alemanha. Desta vez, vamos a Braunschweig, na abertura do novo campeonato da Bundesliga.

picture-alliance/ dpa/dpaweb - Braunschweig
picture-alliance/ dpa/dpaweb - Braunschweig

Quase 30 anos, o time do Eintracht Braunschweig teve de aguardar. Assim, é enorme a expectativa da cidade pelo início do campeonato de 2013/14 da Bundesliga: pela primeira vez, desde 1985, o clube local de futebol poderá disputar o título novamente na categoria mais alta. O rebaixamento da Bundesliga e as sucessivas tentativas vãs de fugir da categoria mais baixa foram experiências amargas para o campeão alemão de 1967, tanto mais quando se leva em conta a sua história. A cidade é tida como o berço do futebol alemão – uma história, à qual se pretende agora dar um novo brilho. Ou seja: uma boa oportunidade para descobrir este e outros aspectos de Braunschweig.

A cidade da Baixa Saxônia, com 247.000 habitantes, foi a terra natal de Konrad Koch, nascido em 1846. O pedagogo dava uma grande importância à atividade esportiva dos seus alunos, ao ar livre. No ano de 1874, ele complementou as atividades tradicionais com o jogo de futebol – um conhecido do professor havia trazido da Inglaterra uma bola original. Posteriormente, Koch criou também um amplo regulamento para a nova disciplina esportiva. A partir de Braunschweig, assim é visto pela população local, o futebol iniciou a sua marcha vitoriosa através das regiões alemãs e – apesar de todas as resistências e das zombarias como “doença inglesa” – tornou-se a disciplina esportiva preferida na Alemanha. Os vestígios de Koch são visíveis ainda hoje em Braunschweig: a “Kleine Exerzierplatz” (pequena praça de exercícios), na qual se disputava então as partidas, relembra o pioneiro do futebol. Uma parte da praça continua sendo utilizada para o esporte, ao lado encontram-se entretanto o Museu de História Natural e a Casa da Ciência. Há também um “Estádio Konrad Koch” em Braunschweig. E a história do professor entusiasta do futebol foi até mesmo filmada para o cinema, com o astro Daniel Brühl no papel principal.

Também ao visitante que não se interessa por esporte, a “cidade do Leão”, que ganhou influência na época de Henrique, o Leão, no século 12, também oferece algumas atrações. Por exemplo, com uma “Ópera Ao Ar Livre”, o Teatro Municipal atrai visitantes em agosto: na praça Burgplatz, o ensemble apresenta “La Traviata”, de Verdi. Além disto, os visitantes podem, até o outono, passear pela cidade numa balsa sobre as águas do rio Oker. Quem desejar pode depois aprofundar-se, visitando o Mercado do Bairro Antigo, o Palácio Residencial ou o bairro Magniviertel, com suas inúmeras casas de taipa, além da “Happy Rizzi House”, concebida por James Rizzi. 

www.braunschweig.de

www.bundesliga.de

© www.deutschland.de