Berlim, locação de filmagens

Sempre estão sendo rodados filmes em algum lugar de Berlim. Uma excursão a cinco lugares que poderiam ser bem conhecidos pelos fãs do cinema.

dpa - Television

Berlim oferece de tudo: resplandecentes fachadas de prédios, tristes edifícios de blocos de concreto e objetos topográficos históricos. Para quase toda época existem as correspondentes ruas ou zonas. Por esta razão, esta cidade é tão procurada pelos cineastas. Berlim assume um papel importante em filmes, como a série Jason Bourne, o filme alemão de sucesso “Adeus Lênin!”  e a série “Homeland – Segurança Nacional”. Uma excursão por Berlim.

Clärchens Ballhaus – “Bastardos Inglórios”
Christoph Waltz foi raramente tão pérfido como no papel de Hans Lada, um agente da SS no filme “Bastardos Inglórios”, de Quentin Tarantino. Uma das locações de filmagem foi o clube noturno “Clärchens Ballhaus”, no bairro de Berlin-Mitte, diretamente na margem do Spree. Também vale a pena visitar esse local por causa das noitadas de dança. Principiantes precisam fazer um curso.

Bistro Wilhelm & Medné – “Victoria”
Este filme sobre uma noite inacreditável em Berlim empolgou o público em 2015. Ininterruptamente, esta obra do cineasta Sebastian Schipper segue a jovem espanhola Victoria e a pessoa que ela fica conhecendo por acaso, do bairro de Kreuzberg ao bairro de Berlin-Mitte, chegando ao bistrô “Bistro Wilhelm & Medné”, onde Victoria é garçonete. 

Karl-Marx-Buchhandlung – “ A vida dos Outros”
A cena final de “A Vida dos Outros”, é tão forte como todo o filme. O antigo agente da STASI Gerd Wiesler (Ulrich Mühe), trabalha como jornaleiro depois da reunificação da Alemanha. Passando por uma livraria, ele descobre na vitrina o livro “Die Sonate vom guten Menschen” (A Sonata da boa pessoa). Ele entra na livraria, pega o livro e lê que o autor dedicou essa obra a ele. Wiesler tinha observado o autor, naquela época um artista da oposição, salvando-o, todavia, da STASI, o que lhe custou a carreira. “Quer que embrulhe como presente?”, pergunta a vendedora. “Não! É para mim”, responde Wiesler. Essa livraria existe realmente: é a “Karl-Marx-Buchhandlung” e fica, é claro, na avenida Karl-Marx-Allee. 

Prinzenbad – “Herr Lehmann” e “Prinzessinnenbad”
A piscina pública Prinzenbad, no bairro de Kreuzberg, já era muito badalada. E agora mais ainda, desde que “Herr Lehmann”  (Senhor Lehmann) – filme baseado na obra de sucesso do mesmo nome, de Sven Regener – foi lá nadar. Essa piscina já tem experiências cinematográficas, pois lá foram rodadas algumas cenas do documentário premiado “Prinzessinenbad” (Piscina das princesas), sobre três garotas do bairro de Kreuzberg.

Humboldt-Universität – “Memory of a Paper”
Berlim não é somente palco cinematográfico de filmes alemães e de Hollywood. “Memory of a Paper” é um melodrama árabe, que esteve em cartaz durante o Ramadã. Este filme mostra a vida e os amores de oito estudantes do Kuwait, tendo também sido rodado na praça Gendarmenmarkt e no Portão de Brandemburgo. 

© www.deutschland.de