O impulso digital

Expansão econômica em torno do «smartphone»: a digitalização gera consumo e novos empregos. Os dados mais recentes.

Os «smartphones» aceleraram enormemente a digitalização.
Os «smartphones» aceleraram enormemente a digitalização. dpa

Alemanha. A digitalização impulsiona a economia alemã. 45.000 empregos adicionais foram criados apenas pelo setor da Técnica da Informação e da Telecomunicação (TIT) em 2017. Isso é mais que nunca em apenas um ano. Para 2018, a associação do setor digital Bitkom conta com um crescimento semelhante. Assim, no final do ano, um total de 1.134.999 pessoas na Alemanha deverá estar empregado no setor de TIT – e o setor será então o maior empregador industrial, superando até mesmo a indústria mecânica e a indústria automobilística.

Mercado bilionário em torno do «smartphone»

Aumentou também o volume de vendas. Em 2017, ele aumentou em 2,2 % para 161,3 bilhões de euros. Para 2018, a Bitkom espera um aumento de 1,7 %. Um fenômeno é o desenvolvimento em torno do «smartphone». Segundo cálculos da associação do setor digital, em 2018, o negócio com aparelhos finais, transmissão de dados e de telefonemas, aplicativos e infraestrutura na Alemanha deverá somar mais de 33 bilhões de euros. “Na história econômica, nunca surgiu um mercado tão grande em tão pouco tempo, em torno de apenas um tipo de aparelho”, afirmou o diretor da Bitkom, Markus Haas, por ocasião do Mobile World Congress, no final de fevereiro de 2018 em Barcelona.

As empresas alemãs estão bem preparadas para a digitalização

Numa enquete representativa da associação do setor digital Bitkom, 36 % das empresas classificaram a economia alemã internacionalmente no grupo de ponta da digitalização. 44 % a consideraram em posição média, 13 % consideraram que a economia alemã faz parte dos retardatários, mas ninguém a considera derrotada. “Muitas empresas tratam os desafios digitais com autoconfiança”, diz o presidente da Bitkom, Achim Berg. “Seja inteligência artificial, carros de condução autônoma, cadeia de blocos ou internet das coisas («Internet of Things») e Indústria 4.0 – as empresas alemãs e os institutos de pesquisa têm uma fama excelente e estão mundialmente na ponta quanto ao desenvolvimento de tecnologias”. Mas ele também advertiu que as inovações digitais só raramente se transformam em produtos de mercado e em novos modelos de negócios.

Digitalização: Assim a Alemanha prepara a transformação digital

Indústria 4.0: As consequências da digitalização para a indústria

© www.deutschland.de