Selo de qualidade com tradição

“Made in Germany” mudou de uma referência a produtos inferiores para um selo de qualidade reconhecido. Aqui você pode ler o porquê.

Feira em Munique: Mostra do desempenho de máquinas e guindastes de construção.
Feira em Munique: Mostra do desempenho de máquinas e guindastes de construção. Nataliya Hora - stock.adobe.com

Perguntamos aos nossos leitores internacionais: “O que é tipicamente alemão?” Agora apresentamos as respostas mais comuns – com explicações e informações de fundo. Aqui: “Made in Germany”.

Os alemães inventaram seu próprio selo de qualidade?
Não, e no início “Made in Germany” era também exatamente o oposto de um selo de qualidade. Esta designação de origem foi prescrita pelo Parlamento britânico em 1887, a fim de tornar reconhecíveis aos consumidores ingleses os “produtos inferiores” da produção industrial alemã. “Barato e ruim” foi, portanto, a primeira declaração associada a “Made in Germany”. Ao longo dos anos, isto se transformou num selo de qualidade, entendido pelos consumidores internacionais como uma indicação de produtos de alta qualidade.

De acordo com que critérios é concedido o selo de qualidade?
De acordo com pesquisas, “Made in Germany” é uma das denominações de origem mais respeitadas do mundo, se não mesmo a mais respeitada. Entretanto, ela não está sujeita a regras fixas como um genuíno selo de qualidade ou um padrão. O próprio fabricante decide se deve rotular seu produto desta forma. Contudo, os tribunais alemães decidiram que produtos com este rótulo devem ser pelo menos montados na Alemanha. E mais da metade das peças utilizadas também deve ser originária da própria Alemanha.

Produção automatizada – Indústria de alta reputação.
Produção automatizada – Indústria de alta reputação. picture alliance / Benjamin Beytekin

De onde veio a reputação internacional da certificação?
A reputação do selo acabou surgindo apenas porque os produtos rotulados desta forma eram de alta qualidade. Isto se aplicava e ainda hoje se aplica principalmente aos produtos industriais. Os principais setores na Alemanha como país exportador são, de longe, as indústrias associadas em primeiro lugar com “Made in Germany”: a da engenharia mecânica e da indústria automotiva, que respondem por cerca de um terço das vendas de produtos alemães no exterior.

Cota das exportações alemãs em 2019
Veículos e autopeças     16,8 %
Máquinas            14,7 %
Produtos químicos           8,9 %
Computadores, aparelhos elétricos e ópticos      8,9 %

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: