Projetos e ajuda de emergência inovadores

Inúmeras ONGs da Alemanha lutam contra a fome no mundo. Você fica conhecendo aqui as três mais importantes.

A digitalização ajuda os agricultores
A digitalização ajuda os agricultores arrowsmith2 - stock.adobe.com

Deutsche Welthungerhilfe

Desde quando:              Fundada em 1962, nome mudado em 1967 para Welthungerhilfe

O que ela faz:                  A Welthungerhilfe presta ajuda de emergência e apoia projetos

Financiamento:           69,9 milhões de euros de doações, 213,2 milhões de euros de doadores institucionais (2020)

Apoio:                                 539 projetos em 35 países, ajuda para 14,3 milhões de pessoas

Exemplo:                          O app Agrishare já existe desde 2019, primeiro no Zimbabwe, agora também na Uganda. Ele ajuda os pequenos lavradores a partilhar os seus meios de produção, sejam tratores ou máquinas de beneficiamento de milho. Essa plataforma não só providencia prestações de serviço e máquinas, mas também agenda prazos e serve de fiduciária para o pagamento.

Brot für die Welt

Desde quando:             Foi fundada em 12 de dezembro de 1959 por ocasião de uma grande fome na Índia. Essa organização não faz nenhum trabalho missionário.

O que ela faz:                  Ajuda de emergência e 669 projetos de segurança alimentar em todo o mundo (2020)

Financiamento:           76,8 milhões de euros de doações e coletas, 59,7 milhões de euros de serviço eclesiástico de desenvolvimento, 168,6 milhões de euros de fundos federais (2020).

Exemplo:                          No Sertão árido do nordeste do Brasil, praticamente não chove durante um período de oito meses. Essa Fundação de Diaconia constrói nessa região cisternas para os pequenos lavradores, transmitindo-lhes como o cultivo orgânico e o cuidado com o ciclo hídrico podem transformar essa terra árida em um solo fértil. Esse projeto tem tanto sucesso que o governo desse país o está aplicando de maneira geral.

Caritas international

Desde quando:             Começou o seu trabalho há 100 anos, por ocasião da grande fome de 1921 na antiga União Soviética.

O que ela faz:                  São quase 700 projetos de emergência em74 países, para a ajuda de refugiados, para a assistência médica e a segurança alimentar.

Financiamento:            40 milhões de euros de doações, 8 milhões de euros da igreja católica, 47 milhões de doadores institucionais (2020)  

Exemplo:                          Uma seca de anos a fio no norte do Quênia levou as pessoas a uma situação  catastrófica. Junto com a organização parceira PACIDA, mais de 10 000 pessoas são ajudadas no distrito de Marsabit. Em situações iminentes de emergência, essa organização ajuda com a distribuição de alimentos e água. Além disso, deverá haver projetos para recolha e armazenamento de água, para a pecuária e, por outro lado, para evitar conflitos e melhorar a situação a longo prazo.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: