Estreia da coalizão tripartite

Pela primeira vez, a Alemanha tem um governo federal composto por SPD, Verdes e FDP – um sinal de mudança no panorama partidário. 

Novas maiorias no Parlamento Federal
Novas maiorias no Parlamento Federal pa/dpa

Na Alemanha, os governos de coalizão são a regra – mas, no passado, os governos federais consistiam geralmente de apenas dois partidos. No futuro, SPD, Verdes e FDP querem formar uma aliança tripartite. Isto também mostra como o panorama partidário alemão mudou. Saiba mais sobre como foram os governos desde 1949 e por que as alianças de três partidos podem se tornar a regra, como ocorre agora, após as eleições parlamentares de 26 de setembro de 2021.

A clássica coalizão entre grandes e pequenos partidos

Os clássicos partidos populares na Alemanha são a CDU e o SPD. Desde 1949, eles também sempre elegeram o Chanceler Federal. No Parlamento Federal, a CDU forma um grupo parlamentar com seu partido irmão, a CSU, que só disputa eleições na Baviera – conjuntamente, a CDU e a CSU também são chamadas de “União”. No passado, um dos dois partidos principais geralmente governava, juntamente com um parceiro menor de coalizão: tanto a União quanto o SPD formaram governos federais com o FDP – por exemplo, sob o chanceler da CDU Helmut Kohl ou o chanceler do SPD Willy Brandt. O SPD também governou com os Verdes durante o mandato de Gerhard Schröder (1998-2005).

Grande coalizão entre a União e o SPD

Em seus 16 anos de mandato, a chanceler Angela Merkel chefiou um governo de coalizão da CDU/CSU e do SPD durante doze anos. Após as eleições federais de 2017, inicialmente parecia que poderia haver um governo da CDU/CSU com os Verdes e o FDP – mas o FDP interrompeu as conversações sobre cooperação. Como resultado, a CDU/CSU e o SPD formaram mais uma vez uma “grande coalizão”.

Novo modelo de coalizão entre três partidos

Após as eleições parlamentares de setembro de 2021, rapidamente ficou claro que, desta vez, tudo caminharia para uma aliança tripartite. Como o SPD conquistou a maior bancada no Parlamento Federal, a maior possibilidade desde o início foi de uma coalizão dos social-democratas com os Verdes e o FDP. Inicialmente, a CDU/CSU também buscou o apoio dos dois partidos menores. Mas cerca de dois meses após a eleição, ficou claro que o SPD, os Verdes e o FDP formariam o governo e que o novo chanceler seria o social-democrata Olaf Scholz.

O fato de que três partidos governarão juntos no futuro se deve à mudança do panorama partidário. No passado havia apenas três bancadas partidárias no Parlamento Federal; elas agora são seis: além dos grupos parlamentares que governam – o SPD, os Verdes e o FDP –, há também os grupos parlamentares da CDU/CSU, o Partido da Esquerda e o populista de direita AfD. Todos os partidos descartam uma coalizão com a AfD. Como a CDU e o SPD perderam frequentemente votos nas eleições dos últimos anos, as coalizões tripartites podem se tornar no futuro ainda mais comuns na Alemanha.

© www.deutschland.de