Programa da ONU recebe Prêmio Nobel da Paz

O Programa Alimentar Mundial da ONU vem lutando já há 60 anos contra a fome em todo o mundo. A Alemanha é um dos maiores contribuintes.

Sempre em ação: funcionários e funcionárias do PAM
Sempre em ação: funcionários e funcionárias do PAM © WFP/Esther Ouoba

O Programa Alimentar Mundial (PAM) vem apoiando todos os anos milhões de pessoas do mundo todo. Em 2020, esse Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas recebeu o Prêmio Nobel da Paz pela sua atuação incansável. Um resumo dessa história, dos objetivos e do papel da Alemanha.

Da iniciativa de Eisenhower até o Prêmio Nobel da Paz

Partindo da iniciativa do presidente norte-americano Dwight Eisenhower, o PAM foi fundado em 1961. Depois de três anos, o seu trabalho deveria ser avaliado. Já em 1963 foi dado início ao primeiro programa de desenvolvimento e, no mesmo ano, começou o primeiro programa de alimentação escolar no Togo. E finalmente em 1965, o PAM constitui-se como um pleno programa da ONU.

O Programa Alimentar Mundial presta ajuda de emergência, desenvolvendo programas de desenvolvimento a longo prazo. Em outubro de 2020, ele recebeu o Prêmio Nobel da Paz pelos seus esforços em lutar contra a fome, em promover a paz em regiões em conflito e em evitar o emprego da fome como sendo uma arma.

Fome Zero no ano de 2030

Essa Comunidade Mundial aprovou em 2015 os 17 objetivos de sustentabilidade da ONU, sendo que a maior prioridade foi dada pelo PAM ao segundo ponto, a Fome Zero. Mas, em novembro de 2021, essa organização da ONU declarou que 45 milhões de pessoas ainda estavam sendo ameaçadas pela fome no mundo todo. “Milhares de pessoas estão à beira do precipício. Conflitos, a mudança do clima e a COVID-19 estão aumentando consideravelmente o número de famintos”, admoestou David Beasley, diretor executivo do PAM. 

O engajamento da Alemanha

A Alemanha é um dos mais importantes países doadores do PAM, tendo disponibilizado em 2020 uma contribuição recorde de mais de um bilhão de euros. Desta maneira, a República Federal da Alemanha se tornou o segundo maior doador, depois dos EUA. O PAM trabalha em estreita cooperação não somente com o Ministério Federal da Cooperação Econômica e do Desenvolvimento e com o Ministério Federal das Relações Externas, mas também com outras instituições, como a Sociedade para a Cooperação Internacional ou com o Banco de Crédito para a Reconstrução. 

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: