Meu desejo: voltar à normalidade

As pessoas na Alemanha estão vivenciando a pandemia do coronavírus de formas muito diversas. Apresentamos aqui a perspectiva de um médico.

Hospital
saengsuriya13 - stock.adobe.com

O Dr. Michael Horacek trabalha no Hospital Alfried Krupp em Essen, onde é médico especialista em medicina interna e cardiologia, responsável pela unidade de terapia intensiva. Anteriormente, ele trabalhou durante dez anos como cardiologista e médico de terapia intensiva no Hospital Universitário de Essen.

Dr. Horacek, qual é a sua rotina diária durante a pandemia?
Entrementes, cada novo paciente é classificado como suspeito de COVID-19, até prova em contrário. Em seguida, nós o acompanhamos com medidas apropriadas de proteção. Usamos máscaras também no caminho para o hospital e não a tiramos durante o dia, a menos que estejamos sozinhos no quarto. Isto caracteriza bem a vida cotidiana.

Também espero que o maior número possível de pessoas seja vacinado.

Michael Horacek, médico

O que o senhor acha particularmente difícil na vida cotidiana?
As rígidas regras para visitantes são sensatas, mas também uma grande sobrecarga. Damos grande importância em manter os familiares atualizados por telefone e tentamos garantir que eles possam contatar os pacientes por telefone celular. Os familiares dos pacientes de COVID muitas vezes não podem entrar no quarto, mesmo que o paciente esteja passando muito mal. Isso é estressante. Os pacientes precisam de contato com seus parentes.

 

Michael Horacek, Arzt am Alfried Krupp Krankenhaus Essen
Michael Horacek, médico no
Hospital Alfried Krupp em Essen.

O que podemos aprender com a pandemia?
Já aprendemos muito com a gestão da pandemia e acredito que os políticos também estão aprendendo com cada passo. Basicamente, penso que é muito positivo que a sociedade na Alemanha esteja preocupada em proteger as pessoas que estão particularmente em risco.

O senhor tem algum desejo para o futuro?
Eu gostaria que voltássemos à normalidade o mais rápido possível. Profissionalmente, a pandemia me restringiu muito menos do que muitas outras pessoas para as quais agora é importante que se restabeleçam financeiramente. Também espero que o maior número possível de pessoas seja vacinado, para que possamos superar a pandemia.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: