Inovação faz escola

Tablet em vez de quadro negro: escolas modernas apostam em conceitos didáticos inovadores. Quatro exemplos.

dpa - Education

Aprender a responsabilidade e vivenciar a cogestão

Em vez do “esquema tradicional”, a Escola Fundamental de Süsteresch da cidade de Schüttorf, no Norte da Alemanha oferece: aprendizagem individualizada e fomento do espírito de pesquisa. As crianças têm responsabilidades desde cedo, fazendo os serviços da sua turma ou assumindo a direção do conselho da classe, que se reúne semanalmente. “Necessitamos de pioneiros criativos no futuro”, diz a codiretora Heike Draber, “as crianças de hoje têm de aprender a solucionar os problemas de amanhã”. Pelo seu conceito inovador, a escola fundamental foi agraciada em 2016 com o Prêmio das Escolas Alemãs.

Todos são bem-vindos

“Em primeira linha somos uma escola e depois, um colégio! ” é o lema do Colégio Geschwister Scholl em Pulheim, nos subúrbios de Colônia. Pela cultura de aprendizagem inclusiva, que engloba pessoas deficientes, e o trabalho com filhos de refugiados em duas classes internacionais de boas-vindas, a escola foi agraciada em 2016 com o Prêmio Jakob Muth. Contrariando os preconceitos, a inclusão e o desempenho não constituem aqui nenhum paradoxo: quase todos os alunos lograram, no último ano letivo, a conclusão do colégio com a habilitação para o estudo universitário, um terço deles com uma média final de 1,9 ou até melhor (na Alemanha, a nota mais alta é 1).

Escola como cenário de aprendizagem

Sobre em que atmosfera melhor se pode aprender, a Escola Fundamental Wörthsee na Baviera, concluída em 2016, pode responder muito bem. As aulas e a assistência durante todo o dia unem-se no espaço físico e na temática: as salas de aula e as salas de estudo são abertas, as aulas modernas e diversificadas são ministradas em mesas triangulares variáveis e uma grande “praça de mercado” no centro oferece espaço para intercâmbio, mas também para o recolhimento. Conclusão dos professores: o cenário de aprendizagem tem efeito positivo sobre o comportamento das crianças.

Formação digital como competência central

Muitas escolas também já reconheceram que os smartphones e o tablet já não podem mais hoje serem deixados de lado. Pelo seu conceito de educação digital, o Colégio de Würselen no Estado da Renânia do Norte-Vestfália recebeu o Prêmio de Inovação delina 2017, destinado ao mérito na formação digital. Em 2008, a escola introduziu classes com laptops que, no entanto, fracassaram por erros na concepção didática. O júri expressou seu reconhecimento pelo fato de que essa concepção foi reformulada para uma nova aplicação: agora, os alunos aprendem com tablets. O conceito de aprendizagem é diferenciado segundo a idade dos alunos e de acordo com as disciplinas. Além disso, os professores fazem reciclagem regularmente.

Feira de educação “didacta”, de 14 até 18 de fevereiro de 2017 em Stuttgart

© www.deutschland.de