Remanufaturar em vez de sucatear

Vida nova para smartphones ou motores usados: a remanufatura é um conceito de futuro contra a sucata eletrônica? Isso é o que diz um especialista.

Por que jogar fora? A remanufatura é a melhor alternativa.
Por que jogar fora? A remanufatura é a melhor alternativa. AdobeStock/Maksym Yemelyanov

Cada vez mais empresas especializam-se na restauração e venda de aparelhos usados, a chamada remanufatura. Esse é o modelo de negócios de mercados on-line como asgoodasnew.de ou refurbed.de. Como isso funciona e quais são as vantagens, isso é explicado por Sebastian Schötz, que pesquisa a restauração do padrão de fábrica no Instituto Fraunhofer de Técnica de Produção e Automatização em Bayreuth.

Sebastian Schötz, especialista em técnica de produção inócua para o meio ambiente
Sebastian Schötz, especialista em técnica de produção inócua para o meio ambient Universität Bayreuth

Sr. Schötz, o que é a remanufatura e como ela se diferencia da reciclagem?

A remanufatura é a restauração de produtos usados, que possibilita uma nova fase de utilização. Na reciclagem, o produto é reaproveitado através do seu material, ele é por exemplo triturado e as matérias-primas podem então ser reaproveitadas. Na remanufatura, é o produto em si que é reaproveitado como tal.

Que aparelhos são remanufaturados?

É enorme a lista dos produtos. Ela começa com produtos eletrônicos, por exemplo smartphones, impressoras, monitores e cartuchos de tinta. Além disso, autopeças como motores e turbocompressores – também no setor da eletromobilidade isso deverá ocorrer –, chegando até a grandes máquinas e instalações, por exemplo, instalações de energia eólica.

Que benefícios a remanufatura traz para o meio ambiente e o consumidor?

Ela poupa energia e material. Preserva as fontes originais de matérias-primas, que não necessitam ser novamente exploradas, uma vez que já fazem parte do produto. Assim há também menos emissões de gases do efeito estufa e menos lixo, pois os produtos não são jogados fora, mas voltam restaurados ao mercado e são utilizados.

Os consumidores economizam dinheiro, pois os produtos remanufaturados são em geral mais baratos. Além disso, aumenta a disponibilidade de peças de reposição. Quando certas peças de reposição não são mais fabricadas ou mantidas em estoque pela indústria automobilística ou de construção de máquinas, não existe mais nenhuma peça nova no mercado. Pode-se então recorrer às peças remanufaturadas. O tempo de paralisação das fábricas pode ser reduzido parcialmente, pois não se necessita esperar semanas pelo fornecimento de peças de reposição, podendo-se mandar remanufaturá-las.

O que tem de ser feito para que a remanufatura de aparelhos técnicos tenha mais divulgação na sociedade?

De maneira geral, é preciso criar uma consciência de que isso é possível. Os fabricantes deveriam oferecer também produtos remanufaturados, não apenas novos. E eles deveriam mostrar que a qualidade das peças restauradas está em ordem – por exemplo, através de protocolos de testes ou da mesma garantia dada aos produtos novos. Quando o cliente adquire um produto de qualidade muito boa por um preço muito módico, a notícia se espalha.

Interview: Christina Rath

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: