“Trio para mais profundidade e visão”

Como parte do trio, Portugal assume a responsabilidade da presidência do Conselho da UE no início de 2021. Uma entrevista com Francisco Ribeiro de Menezes, embaixador de Portugal em Berlim.

Francisco Ribeiro de Menezes, embaixador de Portugal em Berlim
Francisco Ribeiro de Menezes, embaixador de Portugal em Berlim Portugiesische Botschaft Berlin

Em fevereiro de 2020 – algumas semanas antes de o surto de Covid-19 ser declarado pandêmico – Francisco Ribeiro de Menezes assumiu o cargo de embaixador de Portugal em Berlim. Aqui ele explica o significado, no contexto da crise, do trio presidencial do Conselho da UE, formado pelo seu país com a Alemanha e a Eslovênia.

Excelência, Portugal assume a presidência do Conselho da UE no início de 2021, sucedendo a Alemanha. Que prioridades seu país irá estabelecer?
Temos cinco prioridades: Queremos uma Europa resiliente, social, verde, digital e global. A crise do coronavírus mostra mais uma vez que precisamos fazer avançar o modelo social. Isto fortalecerá nossa capacidade de lidar com crises futuras. Como um dos principais atores internacionais, a Europa também deve pensar globalmente. A África será um foco claro de nossa agenda de política externa, que incluirá também os países do sul do Mediterrâneo, bem como a América Latina e os países parceiros no Oriente.

 

Quais são as vantagens de um trio presidencial?
A ideia para isto nasceu já em 2007, no período que antecedeu o Tratado de Lisboa. As presidências semestrais são importantes, mas o trio garante mais profundidade e visão no planejamento político. O tempo mostrará que a cooperação entre Berlim e Lisboa tem desempenhado um papel importante na resposta europeia à crise do coronavírus.

Como o senhor vê as relações alemão-portuguesas de uma maneira geral?
Nossas relações são excelentes – e especiais. Elas vão muito além da UE e do trio presidencial. Compartilhamos valores e visões do mundo. Acabamos de realizar o Fórum Alemão-Português pela sétima vez. No mundo dos negócios, somos reciprocamente importantes parceiros comerciais e de investimento. As empresas alemãs em Portugal valorizam nossos recursos e know-how – não é coincidência que Portugal será o país parceiro da Feira de Hanôver em 2022. Além disso, há um vivo interesse pela nossa língua e cultura na Alemanha: em 2021, seremos o país convidado da Feira do Livro de Leipzig.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: