O que a Alemanha bebe

Aromáticas, com gosto de frutas ou aciduladas. No verão da Alemanha são oferecidas bebidas frescas que também são saborosas no outono. Quatro tendências.

deutschland-trinkt
Getty Images/Moment RF

Alemanha. A Saftschorle (Saft = suco, Schorle = água gasificada) tem um sabor fino e picante. O que é melhor para 30 graus na sombra? Talvez uma cerveja geladinha? Ou um café gelado, antes nada apreciado? Uma olhada nas geladeiras alemãs e nos cardápios de bebidas de restaurantes bem frequentados mostra que experimentar é do bom gosto. Não são somente as micro-cervejarias que oferecem sua “Craft Beer” com um sabor extraordinário. As misturas individuais com sabor de lavanda ou de pepino são as bebidas mais badaladas deste verão, entre as “Schorlen” e as “Brausen” (efervescentes). Quatro tendências.

Craft Beer

Ela desafia a lei alemã da pureza da cerveja, pois os fabricantes de “Craft-Beer” não se contentam apenas com lúpulo, malte e levedura, pois o lúpulo com aroma de frutas, leveduras especiais e maltes bem específicos dão às suas cervejas um toque muito interessante. Essa bebida não convencional, que tem sua origem nos Estados Unidos, pode ser provada nos chamados “Bier-Tastings”. 

Cold Brew Coffee

Sério que isto é café frio? Em todo caso, ele é gostoso e quase saudável. O “Cold Brew Coffee” contém pouca substância amarga e é menos ácido do que sua variante quente, o que é positivo para os fãs de café que possuem um estômago sensível. Para fazer esse café, mistura-se café moído com água fria que, depois de doze horas de arrefecimento, é filtrado. Adicionando-se nata ou gelo, o café frio adquire uma nota bem especial. Dica para quem não gosta de levantar cedo: colocar “Cold Brew Coffee” na geladeira e na manhã seguinte começar o dia com a cabeça bem fresca.

 “Schorlen” e “Brausen”

Pepinos não são somente bons para máscara no rosto, pois, como bebida, eles têm muito potencial, como, por exemplo, em combinação com um pouco de manjericão. Saborosa é também a bebida de suco de fruta à base de lavanda. A tendência é adicionar um pouquinho de “Prosecco”, mas não absolutamente necessário. Quem não quiser adicionar álcool pode fazer uma “Schorle” com suco natural de espinheiro e maçã.

Água

Uma garrafa de água mineral que custa cerca de 30 euros já é muito decadente. Tal luxo está no cardápio de alguns restaurantes. Ela é originária de águas profundas, com um teor em minerais bem equilibrado, ou de água de chuvas ou de água de gelos glaciais. Mas na Alemanha também há uma grande série de águas minerais regionais. E também existe a mais importante dentre as águas e que é da melhor qualidade e baratíssima: a água da torneira.

© www.deutschland.de