Um portal medicinal traduz os diagnósticos médicos

O portal medicinal “www.washabich.de” traduz os diagnósticos médicos para um alemão coloquial e foi várias vezes premiado por isto.

Messe­Duesseldorf/ctil­lmann - Medical communications
Messe­Duesseldorf/ctil­lmann - Medical communications Messe­Duesseldorf/ctil­lmann - Medical communications

“Hallux valgus”, “distale Humerusfraktur”, “arthroskopische Synovektomie”: como é, por favor? O jargão técnico da Medicina soa com uma linguagem secreta para os leigos. Quando um paciente é confrontado com tais expressões, ele frequentemente fica inseguro. Afinal, trata-se da sua própria saúde ou da saúde de um familiar. Que significa tudo isto? A doença é inofensiva ou ameaçadora? Mais perguntas que respostas.

 

A fim de prestar ajuda, dois estudantes de Medicina e um técnico em Informática criaram, no início de 2011, o portal de internet “Was hab’ ich?” (“O que tenho eu?”). Ele oferece aos pacientes a possibilidade de traduzir o seu diagnóstico médico numa linguagem de entendimento geral – e de graça. É um projeto das boas práticas no setor da comunicação médica: “www.washabich.de” foi agraciado, entre outros, com o Prêmio de Iniciativa da Língua Alemã de 2012.

 

Como empresa de utilidade pública com sede em Dresden, “Was hab’ ich?” dispõe entretanto de mais de 940 colaboradores voluntários. A maior parte deles é de universitários já adiantados em seus estudos, alguns médicos trabalham como consultores técnicos. Todos eles fizeram um treinamento especial de comunicação. No transcurso dos seus estudos, os jovens médicos acostumam-se ao uso do jargão profissional típico e esquecem de expressar-se de maneira compreensível para todos, afirma Ansgar Jonietz, cofundador do portal. “Esta consciência precisa então de ser reconquistada”.

 

O projeto é financiado sobretudo através de contribuições voluntárias de pacientes e de outros incentivadores. Além disto, as clínicas podem apresentar-se no portal da internet como empregadoras potenciais. Juntamente com a fundação Bertelsmann Stiftung, “Was hab’ ich?” trabalha também no contínuo desenvolvimento do portal “Befunddolmetscher”, um glossário médico interativo destinado a leigos.

 

www.washabich.de

http://befunddolmetscher.de

 

© www.deutschland.de