Alemanha como plataforma

A Alemanha é considerada uma excelente localização logística em todo o mundo. Você sabe o que liga Hamburgo, Duisburg e Frankfurt do Meno?

Porto de Hamburgo: Um grande mundo próprio
Porto de Hamburgo: Um grande mundo próprio picture alliance/dpa

Quase 13.000 quilômetros de autoestradas, cerca de 38.000 quilômetros de estradas principais, 38.400 quilômetros de ferrovias e 7.300 quilômetros de vias navegáveis interiores na Alemanha formam uma das redes de transporte mais densas da Europa. Os polos mais importantes são:

Porto de Hamburgo: Centro número 1 no tráfego de contêineres

O porto de Hamburgo é a porta para o mundo na entrada da Alemanha. Embora tenha recentemente registrado quedas no tráfego de contêineres devido à pandemia, março de 2021 trouxe uma virada com aumento de 9,4%. O tráfego de contêineres com a China, de longe o maior parceiro comercial de Hamburgo, subiu até 16%. Os EUA, o número dois em Hamburgo, também estão de volta no caminho do crescimento com 147.000 TEU. O tráfego ferroviário também se beneficiou com isso. A própria rede ferroviária do porto de Hamburgo, com cerca de 300 quilômetros de extensão, é utilizada pela ferrovia do porto de Hamburgo para operar mais de 200 trens de carga, com mais de 5.500 vagões por dia. Em 24 de março, um novo recorde de um único dia no tráfego de contêineres foi alcançado com 10.798 TEU.

Rumo a Duisburg: Trem de carga na China
Rumo a Duisburg: Trem de carga na China picture alliance/dpa/MAXPPP

Porto de Duisburg: Conexão direta com a China

O porto de Duisburg, onde o Ruhr flui para o Reno, é o maior porto interior da Europa. Ele também registrou um aumento no tráfego de contêineres no primeiro trimestre de 2021. O que torna o porto de Duisburg especial é sua conexão ferroviária direta com Shenzhen na China – 11.000 quilômetros através da Polônia, Belarus, Rússia e Cazaquistão. A viagem leva 13 dias – mais rápida que qualquer navio, mais barata do que qualquer avião. Em Duisburg, os contêineres são distribuídos por toda a Europa, de navio ou de trem. O negócio está crescendo: enquanto 35 a 40 trens viajaram entre Duisburg e a China toda semana em 2019, este número já havia aumentado para 60 trens até o segundo trimestre de 2020. Isto corresponde a um aumento de cerca de 70%.

Aeroporto de Frankfurt: Centro de carga aérea com projeto gigantesco

O Fraport (aeroporto de Frankfurt) é o maior da Europa no setor de carga aérea. Antes da pandemia, 2,3 milhões de toneladas de carga por ano passavam por lá. No entanto, a pandemia do coronavírus mudou fundamentalmente o negócio. Desde então, o equipamento de proteção e as vacinas, em particular, têm constituído a maior parte das mercadorias. Filial da Fraport, o Frankfurt Cargo Services foi certificado para o “Projeto Coldstream” da Worldwide Flight Services, que se destina a transportar até 16 bilhões de doses de vacinas para todo o mundo. De acordo com a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), trata-se do maior transporte aéreo de uma única mercadoria até hoje. Ela requer capacidade equivalente a oito mil Jumbos 747.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: