Engajamento para, das e com as mulheres

Em todo o mundo, os homens têm mais direitos e oportunidades do que as mulheres. A Alemanha está trabalhando para mudar isso.

Alemanha se engaja por mais direitos das mulheres no mundo inteiro.
Alemanha se engaja por mais direitos das mulheres no mundo inteiro. DisobeyArt - stock.adobe.com

O Dia Internacional das Mulheres é o 8 de março. É por isso que nossa campanha “Mulheres Moldando nosso Futuro” apresenta personalidades e projetos inspiradores da Alemanha e mostra como elas estão trabalhando para fortalecer os direitos das mulheres em todo o mundo.

 

Rede pelos direitos das mulheres

A América Latina e o Caribe são regiões com uma compreensão tradicional dos papéis de gênero. Lá, a violência contra as mulheres é a mais elevada do mundo. A rede de mulheres “Unidas” trabalha por mais igualdade de gênero e igualdade de oportunidades. Trata-se de uma iniciativa do Ministério das Relações Externas desde 2019. A rede “Unidas” oferece uma plataforma onde mulheres da América Latina, do Caribe e da Alemanha podem se unir. Com eventos educacionais, a rede fortalece os direitos das mulheres e a solidariedade feminista além das fronteiras.

Por maior estabilidade

As mulheres também estão sub-representadas em cargos políticos nos países africanos. Mas uma nova geração de mulheres políticas está em ascensão. A rede “African Women Leaders” trabalha para garantir que as mulheres africanas desempenhem um papel de liderança na governança, paz e estabilidade. A Alemanha é um dos iniciadores desta rede das Nações Unidas e da Comissão da União Africana.

Aplicativo “Peace Fem” – Mulheres promovem a paz

Um origami da pomba da paz é o logotipo de “Peace Fem” – um aplicativo da ONU Mulheres que pode ser baixado em qualquer smartphone. Em inglês e árabe, ele fornece às ativistas no Iraque, Iêmen, Líbia ou Síria dados e materiais de numerosas negociações de paz. O aplicativo destina-se a ajudá-las a participar dos processos de paz em seus países. A Sociedade Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) desenvolveu este serviço de informação, único e de fácil acesso, num projeto conjunto com a ONU Mulheres.

Hora de uma política externa feminista

Uma mulher como ministra das Relações Externas e uma coalizão governamental que adota uma política externa feminista em seu acordo de coalizão – o governo alemão está dando destaque às mulheres e em assegurar que elas estejam cada vez mais representadas em postos diplomáticos. Há muito tempo, a política externa alemã está engajada com a igualdade de gênero em todo o mundo.

O Centro de Política Externa Feminista (CFFP), com sede em Berlim, tem como objetivo combater estruturas patriarcais e violentas e exige o desarmamento e o fim do comércio internacional de armas. Segundo a cofundadora Kristina Lunz, a política externa feminista dá prioridade aos direitos humanos e às necessidades de todas as pessoas.

 


Participe!

Vocês querem se interconectar com pessoas engajadas, falar sobre ideias e se inspirar mutuamente? A oportunidade está aqui! No nosso sorteio, você tem a chance de
 

  • participar de um exclusivo Workshop digital de Herr & Speer sobre os temas do feminismo, da diversidade e de HerforShe  
  • de participar de um grande evento virtual sobre a interconexão pessoal com fundadoras da Alemanha e do mundo

O que você precisa fazer para isso é: comentar até 27 de março uma das nossas postagens #FemaleFuture dos nosso canais de mídia social, contando-nos porque você se interessa tanto pelo tema da igualdade de direitos. 

Mais informações sobre a campanha, vocês encontram no nosso canal do Instagram.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: