Ao lado das crianças no mundo inteiro

Desde a primeira missão na Europa devastada pela guerra até a ajuda na pandemia do coronavírus: a Unicef se engaja pelas crianças há 75 anos.

Embaixadora da Unicef Eva Padberg no Iraque
Embaixadora da Unicef Eva Padberg no Iraque UNICEF/UN0386962/Berger

Seja nas ruínas após a Segunda Guerra Mundial na Europa ou na pandemia do coronavírus: há 75 anos, a Unicef empenha-se pelos direitos das crianças. Aqui lhes apresentamos o Fundo das Nações Unidas para a Infância, que é ativo em 190 países, incluindo a Alemanha.

Advogada das crianças, de 1946 até hoje

Em 11 de dezembro de 1946, um ano e meio após o fim da Segunda Guerra Mundial, a Unicef foi fundada para cuidar inicialmente de crianças e jovens na Europa, devastada pela guerra. Em 1965, a Unicef foi a primeira organização a receber o Prêmio Nobel da Paz por seus programas mundiais de desenvolvimento e ajuda de emergência.

Em 1989, foi adotada a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança – 54 artigos que vão da proibição de discriminação à proteção contra a violência, até o direito à educação, que agora são considerados a “lei básica” do trabalho da Unicef. Atualmente, a pandemia do coronavírus também representa para o Fundo das Nações Unidas para a Infância um gigantesco desafio: com a maior campanha de imunização de todos os tempos, as crianças dos países mais pobres devem ser vacinadas contra o Covid-19.

Missões de ajuda de emergência, projetos educacionais e campanhas de vacinação

A variedade de tarefas é enorme: só a Unicef realiza cerca de 300 missões de ajuda de emergência em mais de 100 países a cada ano. A organização da ONU se engaja também está pelo direito à educação em todo o mundo, por exemplo, equipando as escolas. Mesmo antes da pandemia do coronavírus, a Unicef já fornecia vacinas para quase a metade das crianças no mundo inteiro, segundo informação própria.

Trabalhando para a Unicef também no espaço: o astronauta Alexander Gerst
Trabalhando para a Unicef também no espaço: o astronauta Alexander Gerst UNICEF/UNI265011/

Unicef na Alemanha

Cerca de 8.000 voluntários engajam-se pela Unicef em toda a Alemanha. A organização de ajuda às crianças emprega também cerca de 120 funcionários em tempo integral. O governo alemão apoia a Unicef, mas são sobretudo os numerosos doadores que tornam seu trabalho possível. Muitas celebridades também apoiam a Unicef como embaixadores: o astronauta Alexander Gerst, a modelo Eva Padberg, o jogador da seleção nacional alemã de futebol Mats Hummels, a apresentadora de TV Nina Ruge, o astro do basquetebol Dirk Nowitzki e a jornalista de TV Sabine Christiansen engajam-se como embaixadores.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: