Missão educativa: Ter todos em vista

A Alemanha quer melhorar a equidade educacional. Uma visão dos desafios atuais e dos desenvolvimentos positivos.

Educação sob pressão: É difícil aprender nos tempos do coronavírus.
Educação sob pressão: É difícil aprender nos tempos do coronavírus. picture alliance / Zoonar

Qual é a situação da equidade educacional na Alemanha?

Nas comparações internacionais de equidade educacional, a Alemanha ainda tem espaço para melhorias. Embora o Instituto de Pesquisa Econômica de Colônia (IW) tenha observado uma tendência positiva em seus estudos de 2011 e 2016, ele observa em 2021 “que a correlação entre a origem socioeconômica e o sucesso educacional está se tornando maior novamente. Isto também pode ser atribuído à forte imigração”. O sistema educacional enfrenta o desafio de criar oportunidades iguais para diferentes condições prévias. Com vistas à crise do coronavírus, o estudo do IW deixa claro: “Em decorrência do fechamento de instituições educacionais por um longo período de tempo, o fomento das crianças e dos jovens depende em grande parte do ambiente doméstico”. A prosperidade de um país não é suficiente para solucionar a questão: em 2018, a UNICEF examinou a equidade educacional para crianças em idade pré-escolar e escolar em 41 países industrializados. A Alemanha ficou abaixo da média: à frente dos EUA e da Austrália, mas atrás de economias menores como a Lituânia, a Dinamarca e a primeira colocada, a Letônia.

Que desenvolvimentos positivos estão sendo registrados?

O sucesso nas universidades está se tornando menos dependente da origem. O estudo do IW aponta a proporção de jovens de famílias não acadêmicas que obtiveram um diploma universitário ou ainda estão no ensino superior. Nos anos de 2000 a 2002, a média foi de 18,7% e em 2018 já chegou a 30%. Além disto, o Relatório Nacional de Educação de 2020 mostra também que a “mobilidade ascendente” (a educação das crianças é superior à educação dos pais) aumentou ligeiramente e a “mobilidade descendente” (a educação das crianças é inferior à educação dos pais) diminuiu. Em geral, a mobilidade ascendente na Alemanha é significativamente maior do que a mobilidade descendente.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: