Hidrogênio será o novo petróleo?

O hidrogênio produzido de forma inócua ao clima poderia ajudar a reduzir as emissões de CO2 mais rapidamente. Por que o gás é tão apropriado?

Modelo de uma usina combinada de energia eólica e hidrogênio.
Modelo de uma usina combinada de energia eólica e hidrogênio. AquaVentus

A proteção climática também é uma corrida contra o tempo. Se você quiser manter a temperatura média global em um nível controlável, você tem que agir rapidamente e mudar para energias renováveis – ou seja, eletricidade verde – da forma mais abrangente possível. Infelizmente, isto ainda não é tão fácil de fazer em muitas áreas importantes: por exemplo, no transporte aéreo e marítimo, no transporte de carga por rodovias ou em processos de produção industrial.

No “escapamento” só resta água pura

O hidrogênio poderia ser a solução para estes problemas. Ele poderia ser usado para converter a eletricidade produzida de forma sustentável num portador de material que pode ser usado onde for difícil a aplicação direta de energia elétrica. O gás é obtido por eletrólise, a partir da água. O hidrogênio é, portanto, o meio de armazenamento perfeito para as energias renováveis, pois nem sua produção nem seu uso posterior produzem gás de efeito estufa. Numa célula de combustível utilizada, por exemplo, em carros movidos a hidrogênio, o gás queimado transforma-se em água pura.

Abastecimento mais rápido que dos carros elétricos

No setor de transportes, o hidrogênio como sistema de propulsão tem a vantagem particular de acelerar significativamente o processo de reabastecimento com energia verde. Neste caso, o enchimento do tanque leva apenas de três a cinco minutos – significativamente mais rápido do que o processo de carregamento de um carro elétrico. O uso de veículos a célula de combustível no transporte público local (ônibus, trens), no transporte rodoviário pesado (caminhões) ou na logística (empilhadeiras) é particularmente interessante.

Célula de combustível numa usina elétrica alemã a hidrogênio.
Célula de combustível numa usina elétrica alemã a hidrogênio. picture alliance/dpa/dpa-Zentralbild

Solução em escala global

No entanto, o que torna o hidrogênio um atrativo portador de energia são suas propriedades de transporte. A energia verde, armazenada neste transportador a partir de grandes parques eólicos «offshore» ou de usinas de energia solar distantes do consumidor, pode ser transportada relativamente sem perdas. Isto pode funcionar não apenas em escala nacional, mas também internacional e até mesmo global. Com o hidrogênio, essa é a ideia, praticamente se poderia importar o vento e o sol de outras regiões da Terra. É por isso que o hidrogênio já está sendo chamado de «o novo petróleo».

O hidrogênio pode, de fato, levar-nos rapidamente e bem a um futuro inócuo ao clima? Isso depende acima de tudo da rapidez com que progride a expansão das energias renováveis. «Quem sonha com o hidrogênio deve investir em energias renováveis e expandi-las muito mais rapidamente do que até agora», diz a especialista em clima Claudia Kemfert do Instituto Alemão de Pesquisa Econômica (DIW).

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: