Plano de ação pelas mulheres e pela paz

Três perguntas e respostas sobre o plano de ação do governo federal alemão para apoiar a agenda Mulheres, Paz e Segurança.

Soldada da Índia em missão da ONU em 2007 na Libéria.
Soldada da Índia em missão da ONU em 2007 na Libéria. dpa

O governo federal alemão aprovou em fevereiro o III Plano de Ação do governo federal da Alemanha para a implementação da agenda Mulheres, Paz e Segurança das Nações Unidas.

Por que há esse plano?

Em outubro de 2000, o Conselho de Segurança da ONU aprovou por unanimidade a Resolução 1325 “Mulheres, Paz e Segurança”. É a primeira resolução, na qual é reconhecida a importância das mulheres no apaziguamento de conflitos e na superação das suas consequências. Essa resolução reconhece que são sobretudo as mulheres que se tornam vítimas de conflitos, de onde se derivam três princípios para a política: prevenção, participação e proteção. Duas das nove resoluções atualizadas foram introduzidas pela Alemanha, que é uma enérgica defensora da agenda Mulheres, Paz e Segurança. 

Qual é o objetivo desse plano de ação?

O governo federal alemão define nesse plano de ação o que ele quer alcançar concretamente até 2024: a participação de mulheres no processo de paz e a promoção da proteção de mulheres contra violência sexual, sempre que seja necessário. O que parece ser teórico pode ser muito prático, pois a Alemanha promove o Women’s Peace & Humanitarian Fund ou presta assistência a mulheres traumatizadas com parceiros como a medica mondiale ou a Organização Internacional para a Migração (IOM). A Alemanha é também uma das iniciadoras da rede African Women Leaders Network.

Como o plano de ação é realizado?

O plano de ação contém um plano de monitoramento e avaliação, que define para a política prática quem é o responsável pela realização do plano e pelo cronograma. Desta maneira, o as etapas do progresso poderão ser acompanhadas. A exposição virtual Sem mulheres não há paz (Ohne Frauen kein Frieden), do Ministério Federal das Relações Externas, mostra muitos exemplos concretos do esforço da Alemanha.

 

© www.deutschland.de