Oportunidades para talentos

Por trás de um quinto das “startups” na Alemanha está um fundador ou fundadora com um histórico de migração. Oito fatos interessantes sobre o tema.

Özlem Türeci e Uğur Şahin fundaram a BioNTech.
Özlem Türeci e Uğur Şahin fundaram a BioNTech. picture alliance/dpa

Cada vez mais “startups“ na Alemanha estão sendo fundadas por pessoas com histórico de migração – ou seja, elas mesmas vêm do exterior ou têm pelo menos um dos pais que nasceu no exterior. Os migrantes empreendedores criam empregos promissores e desempenham um papel importante para a Alemanha como polo de inovação.

Você sabia, por exemplo, que...

... 20 % dos fundadores e fundadoras de “startups” na Alemanha têm um histórico de migração? Cada quinta empresa inovadora e em expansão é liderada por um fundador ou fundadora com histórico de migração.

... 57 % dos migrantes empreendedores vieram para a Alemanha em primeira geração? Portanto, eles mesmos tiveram experiência de migração e não nasceram na Alemanha.

... acima de tudo os empreendedores e empreendedoras que não nasceram na Alemanha estão acima do nível médio de formação? 91 % deles têm um diploma universitário, comparado a 84 % de todos os fundadores de empresas na Alemanha.

... em empresas cujos fundadores têm histórico de migração, 47 % dos funcionários vêm do exterior? Em geral, a média para as “startups” alemãs é de 27 %.

... em comparação, um número acima da média de migrantes empreendedores aspira à internacionalização de sua empresa? 78 % dos fundadores de empresas com histórico de migração gostariam de expandir as atividades de suas empresas para outros países. Em todas as “startups” da Alemanha, essa quota é de 66 %.

... que a maioria dos migrantes empreendedores vive nos Estados federais da Renânia do Norte-Vestfália e Berlim? Em Berlim, muitos deles vêm do exterior; na Renânia do Norte-Vestfália, muitos nasceram na Alemanha, mas têm uma história familiar de migração.

... dois dos mais famosos migrantes empreendedores vêm da Alemanha? Os chefes do laboratório de vacinas BioNTech, sediado em Mainz, Uğur Şahin e Özlem Türeci, fornecem a todo o mundo uma vacina contra o coronavírus desde 2020.

... há várias iniciativas na Alemanha e na Europa que apoiam empreendedores e empreendedoras com histórico de migração? Estes incluem a Bolsa de Estudos Hans Weisser, a Rede Acadêmica Afro-Alemã, a Comunidade 2Hearts ou a Open Employers Pledge.

 


Fonte: Migrant Founders Monitor, Bundesverband Deutsche Startups, Abril de 2021

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: