Características digitais e planejadores de rota

Projetos modernos de mobilidade apostam em soluções digitais. Apresentamos a vocês dois impulsos inovadores da Alemanha.

Impulsos inovadores para a mobilidade do futuro
Impulsos inovadores para a mobilidade do futuro picture alliance/dpa

A digitalização e o emprego inteligente de dados podem ser uma contribuição decisiva para a mobilidade do futuro. Esse potencial já vem sendo aproveitado em muitas cidades e regiões da Alemanha, para tornar o trânsito mais seguro, mais eficiente e mais sustentável. Apresentamos aqui duas ideias que receberam em 2021 o Prêmio Alemão da Mobilidade. 

S-Bahn digital em Hamburgo

O primeiro trem automatizado da Alemanha corre sobre trilhos na Cidade Hanseática. Os primeiros deles foram apresentados em outubro de 2021 no Congresso ITS de Hamburgo, o maior encontro do mundo do ramo sobre a mobilidade inteligente. Esses trens, totalmente automáticos e de controle digital, correm sobre os trilhos em um percurso especialmente construído para essa finalidade. Eles viajam de maneira autônoma, sendo que o condutor ou a condutora somente intervém se houver falha ou perturbação. Também se estão pensando em outros percursos. Esse projeto de Hamburgo poderia servir de modelo para outras cidades.

Esse tipo digital de S-Bahn (trem rápido suburbano) consome pouca energia, podendo ser empregado em ritmo curto para transportar mais passageiros. Esse projeto é uma cooperação entre a Cidade Hanseática de Hamburgo, a ferrovia alemã Deutsche Bahn (DB) e a Siemens Mobility. Para Richard Lutz,  chefe da diretoria da DB, o S-Bahn é “uma chave para a nova mobilidade”.

Navegação eficiente para caminhões

A Alemanha é o maior país de trânsito da Europa, com um número correspondente de caminhões percorrendo as estradas e ruas alemãs. Mas nem todo percurso pode ser percorrido por caminhões. Às vezes, uma ponte é baixa demais ou uma estrada ou rua estreita demais. Mas é possível evitar que os caminhões tenham que frear de repente, se o trecho a ser percorrido já for conhecido de antemão. Por isso, o projeto SEVAS oferece um sistema, no qual os dados  correspondentes, de altura de pontes a rotas prioritárias, podem ser memorizados nesse sistema pelos municípios. A seguir, esses dados são disponibilizados por cartógrafos e fornecedores aos serviços de navegação. Até agora, esse projeto só existe na Renânia do Norte-Vestfália.

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: