Retrospectiva 2019

Duas mulheres conduzem a Europa. A Alemanha festeja datas significativas e assume responsabilidade.

Steinmeier, presidente da Alemanha, comemora a Lei Fundamental.
Steinmeier, presidente da Alemanha, comemora a Lei Fundamental. picture alliance/dpa

Comemoração do aniversário da Lei Fundamental

Em 8 de maio, a República Federal da Alemanha comemorou o 70º aniversário da Lei Fundamental. Em 1949, a Lei Fundamental da República Federal da Alemanha foi aprovada pelo Conselho Parlamentar. Ela deveria ser apenas provisória, mas passaram-se 41 anos até que  a Reunificação fosse realizada. Em 31 de outubro de 1990, a Lei Fundamental se tornou a Constituição de toda a Alemanha. O presidente alemão Frank-Walter Steinmeier escreveu em detuschland.de sobre a Lei Fundamental e sobre o desenvolvimento democrático da República Federal da Alemanha, relacionado a essa lei: “Este é o cerne de um patriotismo esclarecido e democrático”.

Ursula von der Leyen é a nova presidente da Comissão da UE.
Ursula von der Leyen é a nova presidente da Comissão da UE. picture alliance/dpa

Ursula von der Leyen é a nova presidente da Comissão da UE

Em 16 de junho, o Parlamento Europeu elegeu Ursula von der Leyen, política alemã, ao cargo de presidente da Comissão da União Europeia. Assim, ela assumiu, em 1º de novembro, o cargo antes ocupado por Jean-Claude Juncker. Von der Leyen, nascida em 1958 e doutorada em Medicina, é uma das mais experientes políticas da Alemanha, tendo sido ministra Estadual dos Assuntos Sociais e da Saúde do Estado da Baixa Saxônia. No governo federal, ela foi primeiramente ministra Federal da Família, depois ministra Federal do Trabalho e finalmente, a partir de 2013, ministra Federal da Defesa. Ursula von der Leyen, filha de Ernst Albrecht, antigo governador do Estado da Baixa Saxônia, já entrara muito cedo em contato com a política. Ela tem sete filhos e teve sucesso na modalidade hípica de adestramento.

Christine Lagarde é a presidente do BCE em Frankfurt.
Christine Lagarde é a presidente do BCE em Frankfurt. picture alliance/dpa

Christine Lagarde na chefia do Banco Central Europeu

Desde 1º de novembro, a francesa Christine Lagarde é presidente do Banco Central Europeu (BCE), em Frankfurt do Meno. Formada em Advocacia, ela praticou sua profissão nos EUA, antes de se tornar ministra das Finanças da França. Depois, ela assumiu a direção do Fundo Internacional da Moeda (FMI). Há mais de dez anos, Lagarde, de 63 anos de idade, vem participando regularmente dos encontros de ministros de finança e chefes de bancos centrais do G7 e G20.

Heiko Maas, ministro Federal das Relações Externas, assume a presidência do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.
Heiko Maas, ministro Federal das Relações Externas, assume a presidência do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas.
picture alliance/dpa

A Alemanha no Conselho de Segurança da ONU

Em 1º de janeiro começou o período dois anos da Alemanha como membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, substituindo em abril, por um mês, a presidência da França, dado que estes dois países definiram participar juntos de uma dupla presidência desse órgão.

Heiko Maas, ministro Federal das Relações Exteriores, formulou, em um discurso programático, os objetivos da Alemanha: “Participando deste conselho, queremos contribuir para que sejam encontradas as soluções para os urgentes conflitos e crises da nossa era, pois o Conselho de Segurança é também um lugar central para a nossa missão em prol de um multilateralismo e de uma ordem internacional baseada em regras. Estamos sempre tendo a experiência de que todos somos beneficiados se cooperarmos e se nos sintonizarmos internacionalmente para estabelecer e aplicar as regras devidas. Aqui vale o princípio: ‘together first’”.

 

© www.deutschland.de

You would like to receive regular information about Germany? Subscribe here: